Notícia



Dicas para comprar seu imóvel na praia

08/07/2020 - 12:36

Quem não sonha em ter seu próprio imóvel de veraneio, na praia, para passar férias ou até mesmo morar e sentir aquela brisa de mar ou ouvir o barulho das ondas? Sabemos que comprar uma propriedade demanda muitas etapas e burocracias, oque não é diferente com um apartamento ou casa na praia, inclusive pode exigir muito mais atenção e cuidado nesta transação.

Por isso, separamos algumas dicas e sugestões para você investir neste seu sonho sem se frustrar com imprevistos que podem ocorrer.

1 – Defina seu objetivo

Primeiramente, precisa ser definido seu objetivo com a compra de um bem em região litorânea. Seria para morar, alugar, passar férias ou todas as opções?  Identifique o tipo de imóvel que melhor se encaixa com seu perfil e de sua família, se uma casa em um condomínio fechado mais privativo, um apartamento em um Residencial Home Club com completa área de lazer dentro do próprio empreendimento, entre outras tantas alternativas.

Sem esquecer também da localidade desse imóvel, sua preferência seria um local mais agitado cercado de entretenimento ou uma região mais sossegada? Enfim, são muitas decisões a serem tomadas, por isso, sempre leve o tempo necessário para finalizar seu investimento, garantindo, assim, que suas necessidades sejam atendidas depois da compra do imóvel.

2 – Considere todos os custos

É essencial rever todos os custos envolvidos, tanto de taxas (condomínio, IPTU, documentações) quanto de manutenção, pois, as propriedades que ficam na beira do mar podem apresentar uma necessidade mais frequente de reparos.
Devido à maresia poder encurtar a vida útil de diversos itens e eletrodomésticos, especialmente se possuírem componentes metálicos sem tratamento adequado. Além do mais, é normal que os proprietários fiquem semanas ou mesmo meses sem utilizar o imóvel, o que eventualmente, acaba fazendo com que danos elétricos e hidráulicos surjam mais rapidamente.

Lembre-se desses gastos que irão ter que entrar no seu orçamento doméstico mesmo que você não more no apartamento.

3 – Verifique a valorização do imóvel

Uma dica muito importante é que você avalie a possibilidade de usar este imóvel como forma de investimento, assim, os próprios lucros de uma locação do mesmo pode cobrir suas despesas. Mas para isso, é preciso avaliar muito bem a região onde ele se encontra e as condições do próprio imóvel, para lhe auxiliar neste aspecto, você pode contratar uma imobiliária especializada.

Você pode contar com a ajuda de alguém especializado na área, como um corretor de imóveis credenciado que entenda do ramo de imóveis na praia e conheça bem a localização para lhe apresentar todos os detalhes e informações de mercado, como, por exemplo, sobre o preço do metro quadrado da região. Além de lhe ajudar em todo o processo de documentação e verificar a regularidade do imóvel.

Outro fator interessante é investir em áreas que estão em crescimento, vale muito pensar a frente, como a evolução do bairro/cidade poderá valorizar sua propriedade em alguns anos.

4 – Faça visitas

Visite muito! E inclusive em diferentes épocas do ano para saber detalhes como se há muito barulho de carros, movimentação do lugar, serviços e facilidades próximos, vizinhança. E sobre o imóvel se a incidência de sol ocorre mais de manhã ou à tarde, e analise todas as condições do bem (como infiltrações, infestação de cupim e outros problemas decorrentes da maresia como já citados aqui).

Não abra mão de nenhum destes tópicos levantados neste artigo, esta pesquisa é fundamental para que você não seja surpreendido depois de fazer uma aquisição da sua casa ou de seu apartamento na praia.
Esperamos ter lhe auxiliado com estas dicas!

Imóvel na Praia

 




Newsletter

Receba nossas últimas novidades!